quinta-feira, julho 06, 2006

97 - de mim ... para Ti

Os anos passam , mas algo cá dentro me impele os sentimentos a deixarem aqui e ali, algo de mim, algo de mim para Ti, sentimentos abarcados por momentos vividos , onde paira o amor, a amizade, a ternura, o apoio mútuo... por tudo isso que é tanto, farás sempre parte de mim...

Estremecimento
Passam-se os dias e temo que a verdade seja superior a mim, à minha capacidade de resistir-lhe.
Percebo a forma como chegas: um vagar lento quase inofensivo. Mas algo perturba o teu olhar quando me vês e essa perturbação sobressalta-me! Depois abres um sorriso que te ilumina o rosto. Quando olho em frente, o horizonte começa e acaba na tua boca nua, com o sorriso fixo, agrilhoado ao desenho dos lábios. Ergues a mão direita e pousas sobre a minha nuca inteira num gesto que poderia terminar num beijo ou numa violência abrupta.
E é esse gesto inacabado, um gesto sem propósito algum que não o toque cru na minha nuca que transforma o sobressalto em estremecimento. Então a proximidade torna-se insustentável. Ensaio uma fuga com os olhos e movo ligeiramente os ombros mas a tua mão decide que o fim do teu gesto é afinal impedir a minha fuga. Olhas-me como se fosse um fruto rutilante e doce. Com a tua mão esquerda afastas um fio de cabelo do meu rosto e beijas-me na testa - um beijo manso, quase fraternal, um beijo diabolicamente angelical e mentes quando sussurras sou teu amigo. Não sei como chegamos aqui, a este lugar onde o corpo arde e os sentimentos mudam de nome debaixo da língua. Amadureces na minha boca. Porque eu te Adoro e Tu sabes até onde podes ir comigo...

GMDT

3 comentários:

  1. GW meu AMIGO !

    Sem palavras... simplesmente belo :-)

    Beijo Grande
    da Miuda

    ResponderEliminar
  2. Onde estou


    Olha bem dentro de ti
    Repara que eu estou aí
    Nesse canteiro de amor
    Onde eu nasci como flor
    Não busques em vão
    Pois estás em meu coração
    Fizeste aqui teu lugar
    E eu não te vou afastar
    Serei eu sempre em teu peito
    Desta forma e deste jeito
    Minha boca chama por ti
    Desde o dia em que te vi
    Quero em teu coração morar
    Viver para ti e te amar
    Nos teus olhos quero ver
    Meus olhos enternecer
    Na Ternura dos teus beijos
    Matar a sede dos desejos
    Meu peito ao teu encostar
    Teus lábios doces beijar
    Aquecer-me nos teus braços
    Fortalecer nossos laços
    Amar-te seja onde for
    Nunca perder teu amor
    Estarei sempre contigo
    Como amdo ou como amigo
    Quer ficar comigo??

    autor desconhecido, mas de uma beleza tão simples e tão intensa

    um beijo da J@rdimEmflor

    ResponderEliminar