domingo, janeiro 13, 2008

181-Será desta ... ?

Quero acreditar que será desta que é arrumada a questão do aeroporto, até porque se torna necessário quanto antes fazer singrar a construção das grandes obras públicas tão estagnadas à falta de investimento . Segui esta ultima 5ª feira o debate na Sic notícias e fiquei esclarecido de alguns dos "porquês" , mas também percebi que se torna dificil agradar a gregos e a troianos em pleno. Eu cá por mim , costumo agir assim:- Se faço parte de uma colectividade, para a qual os dirigentes foram eleitos, só me resta aceitar o que de melhor eles souberem fazer, e se me não agrada , então dar opinião, mas uma opinião que deve ser sempre construtiva e nunca o contrário.
Perante tanto alvoroço criado gostei de ler que os autarcas de Alcochete e OTA se encontram muito satisfeitos com a opção da zona de Alcochete/Benavente para a localização do novo aeroporto. Pois em qualquer uma das declarações proferidas é de salientar a oportunidade de desenvolvimento económico não só para a região abrangente , mas para todo o País. Agora é bom que se encare todo esse desenvolvimento da melhor forma, sem atropelos e numa coordenação de interesses que visem acima de tudo o bem estar. , e não se desate por aí num crescimento desenfreado ignorando tudo e todos e que também todos aqueles que foram sujeitos a medidas preventivas impostas pelos sucessivos governos, e que impediram os proprietários de construir ou efectuar quaisquer movimentações de terras, nas zonas até aqui propostas para o aeroporto , sejam ressarcidos de qualquer efeito negativo que o mesmo tenha tido sobre os mesmos.
Apesar dos dois aspectos primordiais para a construção do aeroporto, falava-se que em termos de impacto económico, a Ota seria mais vantajosa. No entanto e porque nem só disso se devem sustentar os factos , por razões financeiras a zona de Alcochete seja a preferida, sendo mais barato, (se assim for).
Acredito na explanação apresentada pelo LNEC e que se passe a algo mais de concreto de modo a que tudo seja cumprido conforme planeado e sobretudo sem derrapagens orçamentais como vem sendo hábito em tudo o que é obra pública por esse páis fora.
Bem , seja em que situação for, que se torne breve, sempre são mais umas boas toneladas de cimento que são fabricadas aqui na zona e que servirão para desanuviar o marasmo em que a construção actual se encontra...
Ah , é verdade , foi pena não terem pensado no alargamento da base aérea de Monte Real, aqui tão pertinhooooo, daria um óptimo aeroporto ... palavra de general...
Boa semana / GW

5 comentários:

  1. CresceNet8:23 da tarde

    Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.

    ResponderEliminar
  2. Meu amigo,eu não vi por isso mem vou comentar,agora em relação ao cancro da mama,seria bom que realmente podesse detectar atraves desse simples exame não é.
    Como li ainda esta a ser desenvolvido,mas se for concrecto decerto que que salvara muitas vidas.
    obg por deixar passear por este jardim de girassois agradevel sim senhor fique bem optima semana :) *jinho

    ResponderEliminar
  3. ZéDaBurra (ruça)1:33 da tarde

    é pá, não me digas que tu ficas perto de Monte Real !!
    Conheces S.Pedro Moel ? estou perto eu carago, ou o Mária na Praia da Vieira ? temos de ir lá "buer" uns canecos.

    ZéDaBurra

    ResponderEliminar
  4. o Governo , este e os anteriores pecaram por dar relevo demais á Ota , renegando a construção para uma decisão, permitindo especulação , dando aso a negócios de ocasião, porque, já se sabe nada vai ser como antes, agora é vê-los a pedir indemnizações a todo o custo, uns com razão, outros nem por isso.
    O risco era assumido e não havia garantias, mas mesmo assim pensaram na rentabilidade oferecida, não sabendo esperar, numa ãnsia de tudo querer ganhar e... quem tudo quer , tudo perde

    ResponderEliminar