sexta-feira, novembro 10, 2006

119-Filhos e enteados..

“in sic noticias 10/11/06”
.../...Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa cumprem hoje a sexta greve deste ano, entre as 6h30 e as 12h00, para exigir o prolongamento do acordo de empresa. A adesão à paralisação é total, segundo o sindicato. A companhia irá garantir autocarros alternativos correspondentes à rede.../...

Dava eu resposta a alguns mails recebidos , sobre o tema das greves e insatisfação gerada pelas condições que presentemente nos são impostas, quando recordei ter lido um destes dias num jornal diário, a situação dos trabalhadores do Metro e o porquê da paralisação dos serviços desta entidade. O que aqui vou escrever trata-se de uma opinião pessoal, que não quero de modo algum causar atrito entre o que pode ter despoletado a situação de greve, até porque também eu tenho amigos que trabalham no sector e longe de mim melindrar quem quer que seja com as minhas palavras.
Estava escrito algures nesse jornal diário que e passo a citar “entre ordenado base e subsídios, não há trabalhador a receber menos de mil €uros” Ora muito bem, não é nestes valores que me declino, mas sim no relacionar de outros vencimentos e profissões e equiparar com empresas do mesmo modo idóneas e estáveis.
A determinada altura pode ler-se “ Estamos o dia inteiro a respirar limalha e ferro” , penso cá para comigo, estarão todos nessa situação ? e os que trabalham em outras empresas, não terão também as suas condições de trabalho menos favoráveis, já para não dizer deploráveis ? Claro, a título pessoal, confirmo que existe sim, também eu na empresa a que me dediquei durante 38 anos, tive companheiros sofrendo devido ao excesso de poeiras, nomeadamente de sílica e outras matérias primas, já para não falar nos gases e fumos, em que o ar tanta vez se tornava irrespirável devido ao teor de derivados de enxofre. Mas ainda não é bem sobre as questões que levam uns e outros a lamentarem-se e a exigir melhores condições de trabalho. Aqui, na situação que me leva a fazer este relato , trata-se da revalidação de um acordo de empresa, sobre a não aceitação se parte para a greve. Pergunto:- Estarão esgotadas todas as condições de conversação ? Será que este assunto não poderia ser resolvido , civilizadamente á mesa de reuniões, e quando não de imediato , nos tempos mais próximos ?
É tudo muito bonito, mas se olhar para o que aufiro, inserido na área de engª de manutenção, planeamento e programação de uma empresa de cimentos, fortemente implantada no mercado, mais antiga até que a próprio Metro, não deixo de reflectir um pouco e tentar visualizar até onde iremos parar a continuar assim.
Conforme descrito nesse diário temos conhecimento de algumas retribuições médias por categoria profissional:

Auxiliar_______________________1476,86 €uros
Desenhador ___________________1574,09 €uros
Agente Tráfego_________________1642,41 €uros
Enfermeiro ____________________1892,65 €uros
Motorista _____________________1939,09 €uros
Fiscal ________________________2020,66 €uros
Maquinista ____________________2597,25 €uros
Maquinista de Manobras _________2785,17 €uros
Mestre Serralheiro ______________2969,30 €uros
Secretário Administração_________3753,59 €uros

Bem, com tudo isto, peço desculpa aos meus amigos que trabalham no Metro, mas muito sinceramente não vou condenar a forma como Vocês actuam e se dirigem até à greve. Aliás, parafraseando um célebre actor brasileiro, “vocês não estão ganhando muito, eu é que estou ganhando mal” .
Os maquinistas são segundo a apresentação dada conhecer a classe profissional com mais trabalhadores, cerca de 270, ou seja cerca de 17% do total, para uma média de 36 horas semanais .
Com tudo isto nada mais me resta acrescentar a não ser: - Será que a empresa Metro ainda me admite, agora que tenho mais de 50 anos de idade ? Estou tentado a contactá-los… Por outro lado penso que não será bom, o melhor é manter-me na posição de enteado e deixar que a parte melhor fique para os que são filhos directos… sim, porque de facto há quem opere profissionalmente em muito piores condições…

pode ler mais sobre o assunto clicando na URL a seguir
Um abração e, desculpem qualquer coisinha
GW

1 comentário: