domingo, maio 13, 2007

148-Passe por cá...

Pensei, e julgo ter feito bem, trazer-vos hoje, algo sobre estes ares do lado de cá, salpicados por uma brisa fresca , cheirando a sal e a maresia, onde se confunde o verde do pinhal do Rei , com o dourado da areia das praias, afinal, também tudo isto fáz parte de mim, afinal em tudo isto eu deixo um pedacito do meu viver.
Não quero alongar-me muito neste passeio virtual, muito menos vou escrever sobre Fátima, aqui tão perto, mas antes cingir-me ao que em meu redor me dá prazer. Se porventura em passagem se encontra na zona litoral/centro mais propriamente nas proximidades de Leiria, aproveite para fazer uma visita ao Mosteiro da Batalha, e se assim for seu desejo , assistir à missa , na grandiosidade da Capela do mesmo , de seguida e porque ainda resta algum tempo pela manhã, passe por Leiria , dê uma espreitada à Sé , não deixe de calcorrear até ao Castelo, admirando do cimo toda a zona envolvente da cidade, até onde a nossa vista alcança. O tempo urge, e aproxima-se a hora do almoço, no entanto e para não ter momentos "mortos", antes de entrar na cidade da Marinha Grande, faça uma visita à "Jasmim", onde pode apreciar o manuseamento do vidro cristal, num fabrico artesanal, onde a azáfama constante dos artesãos se confunde com a admiração de quem os visita, aproveite ainda para "esticar" as pernas nos parques verdes da cidade.
Chegada a hora da paparoca, sugiro uma passagem pela Praia da Vieira, onde quem assim o desejar poderá degustar uma valente mariscada.
Se o dia estiver limpo, por esta hora o sol se encontrará a "pino" queimando já sobre as vossas cabeças, que tal então, dar um passeio refrescante pelas Matas Nacionais, que nos fazem lembrar a vegetação densa do Luso ou Buçaco, ou mesmo Sintra, onde se insere o Pinhal de Leiria ex-libris da região, cujos caminhos se estendem por vários kilómetros, sobre os quais terá que manter o máximo cuidado , não vá perder-se e entrar num circuito sobre o qual dificilmente encontrará a saída.
A tarde convidará, quase de certeza a uma passagem pelo areia das Praias circundantes, da beleza do casario em S.Pedro de Moel, passando por Àgua de Medeiros, Pedra do Ouro (lembrando os resort's algarvios), ou saboreando umas "loirinhas" no Tonico, na Praia das Paredes, decerto lhe vai ficar no goto, e mais tarde ou mais cedo teimará em voltar.
Depois, bem, depois há um sem número de praias semi-virgens, onde a calmia convida a esperguiçar e ficar por ali horas a fio, até o Sol desaparecer no horizonte. No entanto, se está por estes lados, ainda há parte deste recanto que devem visitar obrigatóriamente, Nazaré, onde de novo vai poder apreciar em demonstração, a tão característica Arte-Xávega, modo de pescaria tão familiar destas gentes, as tradicionais 7 saias das mulheres Nazarenas, ao mesmo tempo que passeia pela comprida marginal, ou até mesmo pela beira-mar desde o promontório até ao porto de abrigo. Ah , é verdade, faça uma paragem no Sítio da Nazaré, e confirme com seus próprios olhos, se está lá marcada a pégada do cavalo de D.Fuas Roupinho.
Adiante que o dia vai passando e não se pode deixar para trás uma visita ao Mosteiro de Alcobaça, terra de paixão de Pedro e Inês, continuando depois por S.Martinho do Porto, levando na bagagem como recordação uma certa loiça das Caldas, e acabando por beber uma ginginha dentro das muralhas do Castelo de Óbidos.
Bem, a passeata já vai longa e terá que programar bem este circuito se pretender levar na memória bons momentos, escusado será dizer que existem zonas não descritas, de igual beleza, mas não saíria daqui hoje se de tudo relatasse um pouco, mas mesmo assim lhe deixo um "alerta", dê um saltinho à lagoa de Pataias, um dos "santuários" para as aves migratórias, e sobre a qual os nossos responsáveis deveriam estar mais atentos à sua conservação.Aconselho também, e se é adepto da caminhada , ou da bicicleta, a numa oportunidade fazer o percurso da estrada Atlãntica, com cerca de 40 Kms de extensão, muitos deles "beijando a costa".
Já sabe , talvez um dia nos venhamos a encontrar algures por aí ... Boa viagem e, se conduzir... evite beber.

Boa semana

1 comentário: