quarta-feira, setembro 03, 2008

212-aqui e assim, eu sou feliz

Há mentalidades levadas do caraças, ou serei eu que estou errado ? será que a minha sensibilidade, frontalidade e o partilhar convosco algumas passagens da vida, me torna assim tão cruel ? será que certas pessoas preferindo viver na obscuridade e na mentira, vivendo o dia a dia numa não aceitação permanente os leva a tornarem-se mais dignos da confiança de quem os rodeia ?
Digam-me o que disserem, ataquem-me como atacarem, dêm golpes e "estocadas" a torto e a direito, pelo facto de me declarar publicamente como familiar de toxicodependente, não me atingirão no que quer que seja. Lerem ou não, o que aqui deixo, um blogue é isso mesmo, ao escrever aqui , dou um passo de modo a uma sujeição ao modo e à forma de quem me interpela e da forma que o queira fazer. Sei também que na maoiria das vezes o "ignorar" é o melhor remédio, mas "para lá do Marão, mandam os que lá estão" e a mim, apetece-me mandar alguns pseudo-intervenientes e respondôes às minhas palavras, dar uma daquelas curvas, ou simplesmente lhes colocar num envelope azul, direccionado a um lugar a 180º deste cantinho aqui.
Sempre me pautei por uma boa educação (assim o penso) , não esperava ler palavras anónimas, que não sendo críticas (essas, más ou boas são sempre de aprendizagem) , mas ofensas, hábilmente escondidas, dirigidas á minha pessoa, pelo simples facto de eu trazer aqui assuntos relacionados com a dependência química, chamando-me de mau pai e/ou mau chefe de família, ou simplesmente "pessoa indesejável" essa, meus caros é de uma ingenuidade e infantilidade extrema de quem tais ataques desfere.
Sou assumidamente um voluntário em prole dos que nessa situação se encontram, procuro em comunhão com outros minimizar estados de aflição e dor quer de dependentes, quer de familiares e amigos, orgulho-me de ter angariado amigos entre os primeiros, muitos deles, hoje, mais responsáveis do que alguns de nós, com vida própria e já suficentemente alicerçada em páz e amor como muitos de nós não conseguimos, quando tantas e tantas vezes somos apoderados de uma mesquinhez tão triste, que nada mais vemos que além da ponta do nosso nariz. Sinto-me orgulhoso do que sou, das pessoas que comigo vivem esse dia-a-dia, do saber andar de cabeça levantada, do saber estar presente onde sei que posso ser útil, numa luta constante pelo dia de hoje.
Eu, e os meus, soubemos aceitar, soubemos dar o carinho quando foi e é preciso, soubemos dar a mão, jamais me afastaria ou julgaria mal quem perto de mim vivesse uma situação débil. Soubemos levar por diante e manter um amor firme, que fáz falta em tanto lar, soubemos utilizar e dizer num tom agradável, amo-te meu filho , soubemos acima de tudo ser pais, ser amigo, ser o companheiro(a), ser a ajuda... Somos e com o passar dos anos uns pais babados, somos uns pais onde a alegria está presente, somos acima de tudo humanos, coisa que quem me tem dirigido insultos através de escritas anónimas jamais saberá ser...
Quem assim me dirigiu tais "palavrões" jamais poderá viver de bem com a sua consciência... e, talvez seja bom parar e pensar um pouco , procurar entender o que pretende da sua vida e numa última análise aceitar que também está "doente" e decidir pedir ajuda, isso sim...
Um abraço para todos

2 comentários:

  1. Anda-se á procura tão longe,
    quando tão perto se pode encontar.
    Mas no esforço da procura
    Aprende-se a Amar.

    Tomara ter procurado aqui
    o que tão longe procurei
    e tão perto vim encontrar:
    um Amigo desperto,
    um Abrigo coberto,
    um Abraço repleto...

    Mas se, contudo,
    tudo de novo
    pudesse recomeçar,
    voltaria a procurar tão longe
    para aqui te encontrar.
    E se não tanto tivesse procurado
    nunca te teria visto,
    nunca te teria encontrado!!

    (autor desconhecido)

    ___

    Ao Amigo que és,
    Ao Pai "babado" q continuas a ser,
    Ao Companheiro de todas as horas...
    É para Vocês os " 4 " que dedico estas Palavritas :-)

    ( Nunca se esqueçam...Deus, escreve direito por linhas tortas!!)

    Beijinho da Sp Amiga
    MIUDA

    ___

    ResponderEliminar