sábado, abril 24, 2010

262-no dia de hoje...

Sinto que estou a perder as "estribeiras".

Eu, que sempre me tenho rotulado de pessoas positiva, noto que a resmunguice está a ser em certo modo uma presença habitual, contra tudo e sobretudo contra mim, não me parece que seja saudável.
Dizer que nada faço para ultrapassar, não o posso dizer, pois, no dia-a-dia, vou continuando (penso eu) a ser a mesma pessoa que me conheço, muito particularmente destes últimos anos. Dizer que é obra do destino, também não me parece ser humanamente correcto, pois haveria sempre algo que pudesse mudar e aí minimizar a questão.
Sei, no entanto, que nada disto tem sido fácil e, se me sinto parado, ou afastado dos amigos, logo o humor se altera, coisa que não acontecia.
O enquadramento que fiz da minha vida após o avc, e os resultados alcançados, têm-me dado essa tal positividade que tanto aprego, mas nem tudo está sendo "rosas" , ou pelo menos se o são, também os "espinhos" me estão a incomodar e, isso, eu noto cada vez mais a cada dia que passa.
Resultado de todo o acompanhamento a nível hospitalar que tenho feito e do qual me estou a cansar, ou/e também de resultados menos animadores para o futuro, serão eles, os responsáveis, pels momentos vividos, mas, continua em mim aquela força de querer alcançar o "estar bem" e esse querer por vezes fraqueja.
Hoje, recebi os resultados dos exames que fiz no IMTT para a aptidão de conduzir, depois de largos meses condicionado a uma restrição que a meus olhos parecia não ter razão de existir, a verdade porém. é que esses mesmos exames e os posteriores feitos para provar a veracidade de tantos e tantos efectuados anteriormente, me augura nada de bom, e aí quebro, claro que quebro, tal como outra pessoa, em consciência quebraria.
Não basta, sermos fortes e dizer sim, "estou aqui" e "estou bem", é nesses instantes que algo parece desmoronar-se à nossa volta.
O que era falado há muito tempo, sobre as dificuldades que iriam surgir, está aos poucos a tomar forma numa realidade que não desejo. è aqui que entra a força dada pela família, pelos amigos, pela ocupação que procuro ter, pelo desejo da escrita, pelo dar de mim a quem precisa e sentir-me útil.
Quero continuar a fazer parte da sociedade como sempre fiz, e noto que essas qualidades se estão "esvairando" no tempo e daí a acreditar que o que se passa é real, vai um instantinho , e, depois, é a tal quebra que vem, é a nostalgia que chega, é a carência notada, é os desejos a fluirem para o além, é o estar, e não ser eu... é o sofrer, sentindo , é o sentir do momento dentro do querer, mas sentir-se incapaz para o querer...
(*) Não basta trazer aqui as alegrias , as opiniões, as vontades disto ou daquilo, sinto cada vez mais um ímpeto para falar destes dias que poderiam ser melhores, se estas palavras servem ou não para me animar, ainda não sei, depois se verá...
Boa semana são os desejos do GW
----------------------------------------------------------------------------
Curiosidades sobre o sono;
As moscas domésticas nascem de madrugada e morrem 24 horas depois. Por isso, nunca dormem.
As formigas entram num estado de letargia mas continuam sempre alerta para enfrentar os perigos.
O albatroz passa a maior parte do temp a voar e dorme em pleno voo, sustentado pelo vento do mar.
As corujas dormem de dia porque são nictalopes, ou seja, os seus olhos não aguentam a claridade.

5 comentários:

  1. Heiiiiiiii Meu Kinder Bueno "mimadinho"anda cáááá aprochega-te aqui ao pé de mim......Vá toma lá um beijito com sabor a chocolate a ver se essas carências passam :pppp Agora um abracito bem apertado....Agora olha lá pra mim e toca a sorrir :-) FORÇA e CORAGEM !!!!
    Amanhã é um Novo Dia, nada de perder a Fé, sim? GMDT
    Beijito da Mauuuukita

    ResponderEliminar
  2. Olá boa noite antes de mais quero agradecer a sua visita e o comentário que deixou no meu blog.Também estive a ler o seu blog também é triste mas é o que eu sinto nos dias de hoje eu falo por mim. Se calhar também é o que sente por isso é bom dar-nos força uns aos outros para podermos soperar os nossos problemas mas a vida tem destas coisas que a vida nos reserva.
    Até breve voltarei novamente.
    beijos
    cristina 24-04-2010 ás 22:35

    ResponderEliminar
  3. A vida tem dessas mesmo... altos e baixos. Mas fique firme e procure vencer todos os obstáculos. Daqui um tempo, espero que vc olhe para trás, veja tudo o que foi superado e que isso acabe tornando-se um incentivo para vc aproveitar cada vez mais (e melhor!) todos os seus momentos.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pela visita...
    "A vida é uma longa estrada que tem curvas imprevisiveis e derrapagens inevitáveis. A sociedade prepara-nos para os dias de glória, mas são os dias de frustação que dão sentido a essa glória!"

    ResponderEliminar