sexta-feira, outubro 28, 2005

19 - Vivências ( I )

28-10-2005 -Acordei bastante resmungão, não sei se pelo cinzento do tempo ou se por causa própria. Ah já sei, foi o raio de um dos cães que não me deixou dormir durante a noite, pois é, teimam em deixá-lo na rua e depois é assim, por isso ele andava numa correria, sobe e desce, desce e sobe, pela escada que dá acesso ao terraço da garagem e por sua vez ao sótão. Isso me traz à ideia que o barulho era provocado pelo baloiçar de uma velha cadeira que guardo lá, e que se torna incómoda quando ele salta para cima da mesma e se baloiça com o peso do seu corpanzil eheheh , é isso mesmo agora me lembro.
Bem, meus amigos fiquem com o meu texto de final de semana e portem-se bem, que aquilo que nos pagam não dá para nos portarmos mal
Vivências... ( I )
Não se pode dizer que o Outono esteja no seu vigor, mas é verdade que as árvores começam a aparecer aqui e ali despidas da folhagem, e onde isso ainda não acontece, é bonito de ver o seu tom castanho/avermelhado. Como recordo neste período a meninice, as brincadeiras vividas e, tantas vezes me pergunto, onde estão alguns dos meus amigos de então, dessas brincadeiras, do berlinde, da cabra-cega, do pião, da bilharda e outros que a memóra não (re)lembra...
Ao sabor dessas recordações e dos tempos passados em reunião de família, me deixo de novo como que embalar, parecendo ainda ouvir o tocar da sanfona pelo meu pai, enquanto a minha mãe ultimava o jantar numa grande panela de ferro forjado, sobre uma velha “trempe” já fragilizada pelo tempo de uso, como se ainda ouvisse o trepidar da lenha na fogueira e percorresse meu corpo o calor emanado pela mesma, e nós quase como que amontoados em seu redor, não deixando sequer um lugar vazio que fosse, onde eu por ser o mais novo denotava alguma dificuldade em chegar ao mesmo, não fosse soccorrer-me da generosidade da minha irmã mais velha, bem, é difícil numa família de tantos irmãos conseguir um lugar, mas a verdade é que o calor deles , os meus irmãos, por si só era muitas das vezes suficiente, o que me permitia dispensar o calor da fogueira que eu de boa vontade trocava pelo aconchego do colo de qualquer um deles.
Depois, bem depois, os anos vão passando por nós, e quase tudo se repete, tenho o privilégio de viver em casa térrea, razoável, retirado dos grandes centros, onde há espaço para quase tudo.
Não vou falar das galinhas e outras aves tais como os patos, os canários e os periquitos, porque se o sabem, lá se vai a privacidade das mesmas perante a ameaça da dita gripe, mas sim do espaço para os cães, os gatos, os peixes, o hamster, os porquinhos da Índia e etc, (dirão Vocês, isto não é um quintal, isto é um jardim zoológico), mas lembro-vos de novo, não digam nada a ninguém, até porque eu não tenho licença para tanta bicharada eheheh, e depois como é que é ?
Isto tudo relatado porquê ? Porque além de propriamente gostar da bicharada, fizeram alguns, parte da alegria dos filhos quando mais novos, assim como dos sobrinhos também (xiiiiiii tanto sobrinho, tanta criançada, á volta de 30 ?) , é mais que óbvio que essa companhia tem sido importante. Mas, queria eu falar sim, da reunião da família à volta da fogueira, espírito que ainda se mantém, em especial quando o frio chega, quando o vento ruge lá fora, quando a chuva cai e, o qual apesar de ainda não ser muito acentuado já fáz apetecer uma fogueirita, umas castanhas assadas e a tradicional água-pé, ah, já agora uns enchidos também vinham mesmo a calhar ( e depois não querem ter uns kilitos extras).
Embora nos reunamos muitas vezes à volta da fogueira, as histórias que se contam, já são poucas ao contrário do antigamente, os temas falados são outros, e também incluímos aqui os nossos "mexericos", mas o importante é estarmos juntos, recorda-se a família não presente e dá-se graças a Deus por mais um dia passado. É verdade que aqui no litoral, perto do mar, nada é igual ao que era vivido na beira-alta, em casa dos meus pais, onde até aí as castanhas eram dos nossos castanheiros, a "pinga" também, sem falar naquela "bola de carne", penso que é assim que se chama. Verifiquei numa das últimas passagens por lá, que a casa (que já não é nossa) foi recuperada.
Mas, o tempo passa, quase sem darmos por ele, e a vivência recordada aqui e ali da nossa juventude, hoje se transporta para a dos nossos filhos e até mesmo dos nossos netos, não “enfiados” como então, naqueles bibes, quase sempre aos quadrados minúsculos, e as alparcatas de pano, sem sola , hoje trocados pelos jeans esfarrapados, as adidas da moda, os cabelos em pé, moldados por um gel de marca, onde não fáz parte o tradicional e indispensável carro de madeira, que se encostava ao ombro, ou um simples aro de bicicleta que fazia as nossas delícias, rolando pelo caminho de terra batida, e que agora foram ocupados por um skate, ou uma bicicleta de montanha, uma acelera, ou mesmo um carrito que custa os olhos da cara. -Mas o bom de tudo isto , é saber que se consegue um tempinho para nós (não tanto como desejamos), porque as agruras da vida, as quais algumas teimam em permanecer, mas onde mesmo assim o espírito familiar se mantém, embora surgindo pelo meio altos e baixos, mas que de cabeça erguida e com a força que temos, somos sempre capazes de remar contra a maré, estar presente no momento preciso e dizermos “estou aqui”. E que este “estou aqui” não se traduza só para quem convive diariamente comigo, mas também para quem está ausente , mas sempre presente, sejam familiares, sejam amigos.
Ah , e já agora , se puderem, venham daí, passem por cá, há sempre um lugar disponível junto à lareira…
____________________
Beijokas & Abraços / GW

10 comentários:

  1. Para preencher os momentos vazios, não há sentimento mais puro que o AMOR da Família e dos Amigos !!

    Desejo q esse AMOR nunca te falte Amigo GW :-))

    Beijo Grande da
    MIUDA

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. I like this site! Thanks for admin!
    - www.blogger.com v
    samsung ringtone
    motorola ringtone
    sony ericsson ringtone
    nokia ringtone

    ResponderEliminar
  6. Hello
    Do not delete it please. I need money urgent
















    G'night

    ResponderEliminar
  7. Hello
    Do not delete it please. I need money urgent
















    G'night

    ResponderEliminar